Manutenção em trava-quedas retráteis

O componente de utilização constante em uma linha de vida e o fator crítico para o funcionamento da estrutura, o trava-quedas retrátil exige, por lei, manutenção periódica que não pode
exceder 12 meses a partir de sua compra ou da última manutenção.
O mal funcionamento deste componente irá comprometer todo o sistema de linhas de vida, pois é o único ponto de ligação entre o colaborador e a estrutura responsável por conter uma eventual
queda.
A Anchor possui uma equipe de ferramenteiros especializada na manutenção de todos os modelos de retráteis e guinchos, sejam eles de fita ou cabo, com estoque de peças e conectores
certificados e dentro da NBR15837.
Somos a empresa do grupo MG Cinto responsável pela manutenção de todas os seus modelos de retráteis e contamos também com uma equipe capaz de realizar a manutenção in site, diretamente
na operação do cliente.
Clique aqui para entrar em contato com nosso time.

Share your thoughts